Baixo clero: Luiz do Carmo não assina CPI da Covid de olho no balcão de emendas do Palácio do Planalto

Os senadores goianos assumiram posições antagônicas em relação à criação criação da CPI, proposta pelo senador Randolfe Rodrigues. Enquanto Jorge Kajuru apoia abaertamente a iniciativa, os senadores Luiz do Carmo e Vanderlan Cardoso saem pela tangente e se subordinam ao governo Bolsonaro.

Luiz do Carmo, integrante do baixo clero do Senado, diz que os poderes precisam trabalhar juntos para encontrar soluções para a aquisição de vacinas, tendo em vista que o Brasil ainda passa pela pandemia.

“Não está na hora de discutir quem está certo ou quem está errado, é hora de discutir e achar uma solução para o problema. Uma CPI tumultua tudo, não se vai a lugar nenhum”, despista o senador, de olho no balcão de emendas do Palácio do Planalto.

Já o senador Vanderlan Cardoso, por seu turno, está fechadíssimo com o bolsonarismo e é conrra a CPI.