Prefeito que não seguir Plano de Imunização pode ser penalizado, avisa secretário

Com a chegada de mais 77 mil doses da vacina contra a Covid-19, o Estado de Goiás se programa para iniciar a vacinação para o grupo prioritário de idosos acima de 85 anos. O secretário de Saúde de Goiás, Ismael Alexandrino, detalhou em entrevista ao Sagres Sinal Aberto que Goiás segue o Plano Nacional de Imunização (PNI) e alertou que tanto Estado quanto Município precisam cumprir as diretrizes.

“Qualquer gestor que abrir e transgredir o que foi pactuado e determinado pelo Programa Nacional, ele pode ser responsabilizado, obviamente, na gravidade daquilo que ele extrapolou”.

(Nota do site da Sagres)