Deputado Lucas Calil faz balanço positivo da Comissão de Meio Ambiente e Recursos Hídricos

Com 33 processos finalizados em 2020, a Comissão de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Assembleia Legislativa tem um balanço positivo dos trabalhos realizados pelo colegiado, apesar da situação intempestiva provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Conforme o presidente, o deputado Lucas Calil (PSD) avalia que, “a atuação da comissão é imprescindível para as demandas do Estado. Em meio a crise que vivemos, o meio ambiente nunca pode ser deixado de lado por também ser uma questão emergencial. Os resultados mostram que os projetos e trabalhos voltados ao tema são de grande relevância ao meio ambiente”, ressalta o parlamentar.

Virada Ambiental 

Em 2020 aconteceu a 2ª edição do Projeto Virada Ambiental, uma ação voltada a sensibilizar a sociedade goiana quanto à necessidade do plantio de espécies nativas, com o objetivo de promover o plantio de mudas de árvores em cada um dos 246 municípios goianos, dos quais 180 já foram alcançados pela proposta. A iniciativa nasceu a partir da edição da Lei 20.552/2019, de autoria do Deputado Lucas Calil, que instituiu em Goiás, o Dia Estadual da Consciência Ambiental, comemorado anualmente no dia 22 de novembro.

O projeto conta com a parceria de 17 entidades, algumas de abrangência nacional, que colaboram com a iniciativa, ao contribuírem para divulgar e incentivar os municípios a participarem. Dentre elas, instituições como: Universidade Federal de Goiás (UFG) e Centro Brasil no Clima (CBC). O intuito é de que a iniciativa possa ser levada aos demais municípios brasileiros, pois o projeto já chegou a sete municípios de outros estados brasileiros, o que demonstra a força da iniciativa.

Neste ano, o objetivo foi não deixar que a problemática provocada pela pandemia do novo coronavírus contaminasse também o necessário e urgente cuidado ambiental. A fim de dar continuidade às ações propostas pelo projeto, aconteceu o lançamento da Edição 2020 no dia 11 de agosto, de forma virtual, em razão da pandemia do novo coronavírus. O evento foi transmitido ao vivo pelas plataformas digitais de parceiros do projeto e também pela TV Alego.

Em 20 novembro, com a adoção de todos os protocolos de segurança, aconteceu o plantio de mudas, em área destinada para esse fim, na UFG. Já no dia 22 foi realizado o 2º Passeio Ciclístico de Hidrolândia, com um percurso de cerca de 6 quilômetros. Para participar do passeio, cada ciclista deveria doar uma muda de árvore. As mudas foram plantadas durante o trajeto.

Ao contribuir com o projeto, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) fez a doação de 90 mil mudas, com a distribuição de 500 para cada município participante da Virada Ambiental 2020. A pasta anunciou ainda que o plantio será acompanhado e contabilizado por um aplicativo que está em fase de testes.

O Virada Ambiental está alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU), uma agenda de ações que devem ser implementadas por todos os países do mundo até 2030. Entre os objetivos, estão medidas ligadas à conservação dos recursos naturais e a proteção e recuperação dos ecossistemas e da biodiversidade.