Goiânia já tem mais de 60 mil vacinados contra a Covid-19

Desde o início  da vacinação contra a Covid-19 em Janeiro, Goiânia já aplicou 60.533 doses do imunizante. O balanço da vacinação ultrapassa as expectativas iniciais. De acordo com o secretário de Saúde de Goiânia, Durval Pedroso, a expertise do município na organização das campanhas de vacinação é de notório conhecimento, capacidade se mostra também na estratégia de imunização contra a Covid-19.”Poucas capitais brasileiras possuem uma estrutura semelhante à que temos em Goiânia”, diz.
O Plano Estratégico de Vacinação para a capital foi apresentado em janeiro, norteando as ações para a execução da Campanha Nacional de Vacinação com a imunização focada nos grupos estratificados pelo Ministério da Saúde. A estratégia segue as orientações contidas no “Informe Técnico da Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19”, do MS, e na “Nota Informativa Nº: 2/2021 – orientações para a execução da campanha de vacinação contra a Covid-19 no estado de Goiás”.
Em 20 de janeiro, teve início a aplicação das 30.160 doses iniciais da Coronavac. A definição do púbico alvo considerou critérios de exposição à infecção, maiores riscos para agravamento e óbito pela doença. Assim, a primeira fase da campanha estabeleceu a imunização dos trabalhadores de saúde e idosos residentes em instituições de longa permanência. O município possui cerca de 77.383 pessoas do primeiro grupo e 780 do segundo.
No dia 26 do mesmo mês, foram recebidas mais 23.055 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca. A remessa foi destinada aos trabalhadores de saúde atuantes nos Hospitais; Unidades de Pronto Atendimento (UPAs): Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu); Sistema Integrado de Atendimento ao Trauma e Emergências (Siate); Unidades Básicas de Saúde (UBSs); Consultórios/ Laboratórios.
No total, então, somente em janeiro, foram recebidas 53.215 doses, considerando as vacinas Coronavac e Oxford/AstraZeneca. Até agora, são 51.225 pessoas imunizadas do primeiro grupo (trabalhadores de saúde e idosos institucionalizados). A aplicação da segunda dose tem início na próxima segunda-feira (15/2).
*Plano Municipal de Vacinação contra a COVID-19 para idosos*
O Plano Municipal de Vacinação contra a Covid-19 para idosos ampliou o grupo de imunização e foi apresentado no dia 8 de fevereiro, após o recebimento de mais 46.160 doses da vacina Coronavac. Delas, 30.160 foram direcionadas à aplicação da segunda dose nos grupos contemplados em janeiro. Outras 16 mil se destinaram à imunização dos idosos acamados de 60 anos ou mais, além de pessoas com idade a partir de 85 anos. Contando com as remessas de janeiro, Goiânia recebeu, então, 99.375 doses.
A campanha começou pelo primeiro grupo, por meio de agendamento. O procedimento para idosos atendidos pelo programa de Estratégia de Saúde da Família e sistemas homecare ficou a cargo dos programas. Já no primeiro dia, 506 idosos receberam a dose da vacina, o que corresponde a mais de 16% do esperado de 3 mil pessoas do grupo.
“Mesmo com todos os desafios logísticos que uma vacinação domiciliar impõe, conseguimos superar nossas expectativas para o primeiro dia”, comemora Polyana Braga, gerente de Imunização da SMS. Os idosos com 85 anos ou mais começaram a ser vacinados em 10 de fevereiro, sem a necessidade de agendamento. A divisão do grupo se deu por ordem alfabética para recepção em sete pontos fixos e mais dois _drives-thru_. “A estratificação e distribuição entre os postos visa evitar aglomerações e formação das filas de espera”, explicou o secretário Durval Pedroso.
Até 11 de fevereiro, foram contabilizadas 9.308 imunizações (idosos acamados com mais de 60 anos e idosos maiores de 85 anos). No sábado (13/2) a SMS dá prosseguimento ao Plano Municipal de Vacinação Contra a Covid-19 para os idosos acamados com mais de 60. As equipes atenderão aos agendamentos feitos através da Central Humanizada de Orientações da Covid-19, Estratégia de Saúde da Família e homecare.