Ladeira abaixo. Mercado volta a reduzir projeção de crescimento do PIB em 2013

Veja matéria postada no site da Veja:

 

Perspectivas

Mercado volta a reduzir projeção para PIB em 2013

Economistas também reduziram projeção para a inflação nos dois anos e aumentaram expectativa para câmbio

Analistas ouvidos pelo Banco Central (BC) para o relatório semanal Focus voltaram a reduzir suas projeções para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2013 e 2014. No documento divulgado pela instituição nesta segunda-feira, a média das estimativas dos economistas para a expansão econômica caiu de 2,24% para 2,21% para este ano e passou ainda de 2,60% para 2,50% para 2014. Há quatro semanas, essas mesmas expectativas estavam em 2,31% e 2,80%.

Em contrapartida, para a produção industrial, um importante componente do PIB, os economistas aumentaram sua projeção de 2% para 2,08% para 2013, mas reduziram a expectativa para 2014, passando-a de 3% para 2,90%.

A expectativa para a taxa básica de juros, Selic, foi mantida em 9,25% para este ano e para o ano que vem.

Em relação à inflação, os analistas projetam índice menor para 2013 e 2014. Para este ano, é esperada elevação de 5,74% no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), contra 5,75% estimada na semana passada. Já para 2014, a projeção do IPCA é de 5,85%, e não mais 5,87% como previam os analistas no relatório anterior.

Para o câmbio, estima-se o aumento da taxa no fim do ano: a projeção média passou de 2,25 reais para 2,28 reais (2013), e manteve-se em 2,30 reais para 2014.