Polícia prende em flagrante um dos maiores fornecedores de pornografia infantil de Goiás

(Matéria do Jornal Opção)

A Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos prendeu, em flagrante, um homem que pode ser considerado um dos maiores armazenadores e fornecedores de pornografia infantil do Estado de Goiás. Após a realização de diversas diligências, as equipes conseguiram identificar o homem, de 32 anos, que trabalhava como auxiliar de serviços gerais na capital.

Após a prisão, o homem revelou aos policiais que já compartilhou mais de 4000 vídeos pornográficos infantis através do nickname “Comi meu manin” na internet.

Foram apreendidos pelas autoridades mais de 1000 vídeos armazenados na galeria do aparelho celular do preso. Dentre as imagens, foram encontradas algumas que demonstram sofrimento imposto às crianças vítimas de abusos sexuais.

A equipe policial da Delegacia Especilizada de Atendimento a Mulher de Goianésia compartilhou informações durante as investigações, já que o mesmo preso era investigado naquela cidade desde o ano de 2018.

Isso demonstra, segundo os investigadores, que o homem praticava esse tipo de crime há mais de três anos.