Renato Monteiro sai em defesa de Paulo Garcia e classifica a análise de Fabiana de “cabotina”

O marqueteiro do prefeito Paulo Garcia não foge de polêmica e mais uma vez saiu em defesa de seu cliente numa série de ataques no seu perfil de Twitter.

Renato Monteiro esbraveja contra a jornalista Fabiana Pulcineli, embora evite citar o nome dela.

Ele classifica de “cabotina” a análise que ela faz hoje na coluna semanal que mantém no Popular.

Diz ainda que a linha editorial do jornal é “dissimulada”.

Ele pergunta por que o jornal não quer aprofundar o debate sobre a saúde, reclamando que o Pop prefere a linha rasa e fácil do caderno de Cidades.

Por fim, dá um recado direto a Fabiana e ao Popular: “Alguns jornais acham que a população foi às ruas por conta deles. Não perceberam o tamanho da lupa que também foi colocada sobre eles.”

Em tempo, segundo o dicionário cabotino quer dizer:

1.Cômico ambulante.
2. Mau comediante.
3. Aquele que procura chamar a atenção sobre si, a atenção alheia.
4. Charlatão, impostor.

Veja os posts do marqueteiro reclamão e ranzinza:

Renato Monteiro @Renato_monteiro
Alguns jornais acham que a população foi às ruas por conta deles. Não perceberam o tamanho da lupa que também foi colocada sobre eles.

Por que o @jornal_opopular não quer aprofundar o debate sobre a Saúde? Por que prefere a linha rasa e fácil do Caderno Cidades?

Apontar um problema que é crônico em todas as esferas, que são os altos salários, e estão aparecendo com a LAI não impede debater a Saúde.

Cabotina a análise do @jornal_opopular hoje. Mas se cruzarmos opiniões e matérias do jornal fica clara a linha editorial dissimulada.