Diário da Manhã: em descompasso, oposição caminha para perder a quinta eleição seguida em Goiás

Em Política, Diário da Manhã mostra que é unânime a opinião de que, dividida, a oposição tem suas chances reduzidas de chegar ao Palácio das Esmeraldas. O pensamento dos dirigentes dos partidos, parlamentares, prefeitos, vereadores e lideranças em geral é a de que, na disputa direta com os detentores do poder, só há um caminho para se obter êxito nas urnas: unidade. A pré-campanha para o governo estadual às eleições de 2014 já demonstram o descompasso dos partidos e principais lideranças goianas, o que poderá dificultar a formação de chapa única aos cargos majoritários – governador, vice e senador -, produzindo prejuízos à marcha oposicionista rumo ao poder.

Na mesma reportagem, a informação é de que a relação PT/PMDB, tanto em nível estadual quanto nacional, sofre abalados desde a posse da presidenta Dilma Rousseff. O líder da bancada federal do PMDB, deputado Eduardo Cunha (RJ) propõe o rompimento da aliança entre petistas e peemedebistas e quer que Michel Temer (vice-presidente da República) assuma sua candidatura ao Palácio do Planalto.