OS Sócrates Guanaes, que em Goiás administra o HDT, é acusada de desvio de vacinas no Rio de Janeiro

A Organização Social (OS) Instituto Sócrates Guanaes, que em Goiás administra o Hospital de Doenças Tropicais (HDT), foi acusada de desviar vacinas contra a Covid-19 em uma unidade pública por ela administrada em Niterói, no Rio de Janeiro. De acordo com a denúncia, um diretor da OS teria ffurado a fila para imunizar dois filhos de 20 e 16 anos. O Ministério Público e a Polícia Civil instauraram procedimentos para apurar o desvio das vacinas.