Goiás deve ter decreto ainda mais restritivo a partir de segunda (15). Situação preocupa o governo

A partir da próxima segunda-feira, a Grande Goiânia e o resto do Estado devem estar sob um decreto restritivo ainda mais duro. As mortes por covid-19 e o avanço da doença preocupam o governo estadual. O governador Ronaldo Caiado disse em reunião que a situação “chegou ao limite”. Faltam profissionais, não há como aumentar a capacidade da rede hospitalar e o mais complicado: a dificuldade da população de cumprir as medidas de segurança.