Vereadora de Anápolis diz que igrejas devem abrir porque muitos pastores vivem de dízimos e ofertas

Uma fala infeliz da vereadora Trícia Barreto (MDB) está movimentando os bastidores políticos e religiosos de Anápolis. Em entrevista para uma rádio, a vereadora conta que participou de uma reunião com pastores da cidade cujo objetivo era, segundo ela, abrir as igrejas porque “muitos pastores vivem de dízimos e ofertas”.

A reunião na qual a vereadora se refere foi organizada pelo deputado federal João Campos e também o pastor Vitor Hugo, da igreja Vida Nova em Anápolis. Segundo eles, na ocasião, o objetivo do pedido para abertura das igrejas era por questões legais e humanitários, uma vez que os eventos religiosos deveriam ser considerados como essenciais à população. Agora, a nova versão do real objetivo da reunião, colocado pela vereadora Trícia Barreto (MDB), causou constrangimento em todo o meio evangélico.

Ouça abaixo o áudio que circula nas redes sociais: