Governo de Goiás inclui entregadores e motoristas de aplicativo em linha de crédito com juro zero

O Governo de Goiás anuncia que entregadores de encomendas e motoristas de aplicativo também estão contemplados com acesso à linha de crédito especial dentro do Programa Estadual de Apoio ao Empreendedor (Peame). O programa faz parte do pacote de medidas anunciadas pelo governador Ronaldo Caiado no dia 16 de março, como forma preservar os empregos e apoiar as empresas e famílias em situação de vulnerabilidade.

Profissionais autônomos de qualquer aplicativo de delivery ou viagens podem solicitar financiamento do Crédito Peame MEI/Autônomo, com limite de até R$ 5 mil, juro zero, carência de seis meses e prazo de pagamento de até 24 meses.

Direcionar ações de Estado aos mais vulneráveis tem sido um comportamento rotineiro por parte do governador Ronaldo Caiado, segundo o secretário da Retomada, César Moura. “Desde o começo da pandemia, o governador Caiado tem demonstrado na prática a noção de onde a ajuda do Governo de Goiás deve chegar com mais urgência. Liberar crédito aos autônomos, micro e pequenos empreendedores, como donos de pit dogs e entregadores e motoristas de aplicativo, é mais um exemplo disso”, comenta Moura.

Requisitos
Os requisitos exigidos são: exercer a atividade econômica há pelo menos seis meses e não possuir restrição de crédito anterior a 3 de março de 2020. Em caso de restrição posterior a essa data, o débito deve ser menor que 30% do valor do empréstimo.

O presidente da Agência de Fomento de Goiás (GoiásFomento), Rivael Aguiar, cita a importância de ampliar o público que pode ter acesso facilitado ao crédito. “A inclusão dos profissionais de aplicativo foi uma determinação expressa do governador Ronaldo Caiado, que entendeu que as restrições de funcionamento das atividades econômicas prejudicaram muito suas atividades e renda”. Rivael reforça ainda que a entrada dos entregadores de aplicativo no programa é muito importante porque o grande objetivo do Peame é “promover a manutenção dos empregos no nosso Estado e o trabalhador autônomo não poderia ficar de fora”.

Acesso ao crédito
Os microempreendedores individuais (MEIs) também foram afetados negativamente pela pandemia de Covid-19. Com o intuito de democratizar o acesso ao crédito, o Governo de Goiás criou o Peame, para atender prioritariamente este público.

“Vamos afinar cada vez mais nossas ações. A minha preocupação agora é com mais empregos e mais crédito. A nossa visão de governo é trabalhar para dar resultado à população”, declarou o governador Ronaldo Caiado durante o lançamento dos programas Mais Crédito e Mais Empregos, da Secretaria da Retomada, em setembro de 2020.

Como solicitar o crédito
As propostas de financiamento podem ser enviadas pelo site da GoiásFomento: www.goiasfomento.com. Estão disponíveis também outros canais de atendimento, que são os correspondentes de crédito da Agência de Fomento em todo o território goiano, o Sebrae-GO, pelo telefone: 0800-570-0800, a Sociedade Garantidora de Crédito, via: (62) 3237-2643 e o site www.garantigoias.com.br.