O Antagonista: site aponta Sandro Mabel como líder do movimento de empresários para compra de vacinas

O site nacional O Antagonista apontou o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg) como líder do movimento de empresários para a compra de vacinas contra a Covid-19 sem necessidade de doação ao SUS.

Ouvido pelo site, Mabel afirmou que há conversas sendo feitas para aquisição da Coronavac – algo em torno de 5 milhões de doses – com a China  e também para a compra de vacinas da Janssen.

“Existem várias ofertas. Mas, como ainda não tem a lei adequada que permita a compra, os caras não acreditam”, ponderou o líder empresarial.

Mabel rechaçou as críticas de que o setor privado quer “furar a fila” da vacinação.

“E o contrário: a gente quer ajudar na imunização. Em menos de 20 dias conseguimos aplicar 300 mil vacinas em Goiás, por exemplo. O governo federal já comprou vacinas para o Programa Nacional de Imunização (PNI, já existem os contratos. Qualquer vacina comprada pela iniciativa privada não atrapalha esse plano. Os trabalhadores vacinados pelas empresas não vão entrar na fila do PNI, que vai, assim, andar mais rápido”, argumentou.

O dirigente da Fieg acrescentou que está sendo criado um fundo para que empresários interessados em adquirir imunizantes apliquem valores. Segundo ele, o fundo será operado pelas próprias empresas.