Articulação de Sandro Mabel dá resultado: Câmara aprova compra de vacina pelo setor privado

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, foi um dos principais articuladores da provação nesta terça-feira (6) do projeto de lei que permite à iniciativa privada comprar vacinas para a imunização gratuita de seus empregados.

A matéria aprovada prevê que as  compras de vacinas pelo setor privado, feitas junto a laboratórios que já venderam vacinas ao governo federal, poderão ocorrer apenas depois do cumprimento integral do contrato e da entrega dos imunizantes ao Ministério da Saúde.

Mabel disse que “a aprovação do projeto foi uma grande conquista, mas precisa ser modificada no Senado por conta da vinculação de 50% para o SUS, que foi mantida na última hora”.

“Alcançamos uma vitória expressiva e agora vamos trabalhar para retirar a obrigação da doação ao SUS, mesmo porque cada vacina comprada pelas empresas é uma doação ao SUS, já que reduz o universo a ser imunizado”, sublinhou.