Djalma também condena reforma milionária que Clécio quer fazer na Câmara

O vereador Djalma Araújo condena com veemência a decisão do presidente da Câmara, Clécio Alves, de torrar R$ 15 milhões com a reforma da Câmara.

“Eu defendi uma pequena reforma, móveis para os gabinetes, uma estrutura mínima para a Câmara, para que o vereador possa trabalhar”, relatou sobre sua participação na reunião que aprovou a reforma milionária.