Olha a logo do software que Paulo Garcia usa para vigiar as redes sociais: dá pra desconfiar ou não?

O software Holmes, que o prefeito Paulo Garcia (PT) utiliza para “monitorar” a internet e as redes sociais, é apresentado pela empresa fabricante como uma ferramenta “provavelmente mais habilidosa que o detetive da ficção britânica, Sherlock Holmes”.

A Tron, que fabricou o software, criou até uma logo para identificar o programa, essa aí que ilustra essa nota.

Olha aí: não tem como ser mais explícito em matéria de bisbilhotagem.

O que você acha, leitor do blog 24 Horas? Dá pra desconfiar ou não?

O prefeito Paulo Garcia precisa explicar que história é essa de usar um software destinado a “rastrear” e a “vigiar” internautas e suas atividades na web e nas redes sociais.

Por que um prefeito de uma capital de Goiânia precisaria de um programa de “monitoramento” eletrônico e ainda por cima chamado Holmes, de Sherlock Holmes?

Quem ele quer “rastrear”?

Tem coelho nesse mato e pode ser dos grandes.