Ieda Leal, a professora que deveria dar bom exemplo, mas só dá aula de autoritarismo

À medida que o período eleitoral se aproxima outra vez, Ieda Leal volta a promover shows de baixaria, ataques e xingatório contra o governo. O comportamento sazonal da presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sintego) levanta uma dúvida: será que Ieda é candidata a deputada no ano que vem?

Ieda ocupou as galerias da Assembleia Legislativa nesta quinta-feira e escandalizou geral com a catarse de autoritarismo que ela promoveu. Até a claque que a acompanhava ficou constrangida com as grosserias que ela disse para o deputado Júlio da Retífica (PSDB), que estava no plenário.

Por ser professora, Ieda deveria dar o exemplo para Goiás. Mas a única aula que ela dá é de autoritarismo.

Tudo isso só pode ter uma explicação: candidatura em 2014 pelo PT.