Kátia Abreu acusa Friboi de fazer propaganda enganosa sobre ‘carne de qualidade’

Veja matéria veiculada no site do Senado:

Da Redação

A senadora Kátia Abreu (PSD-TO) fez em Plenário nesta quinta-feira (15) duras críticas ao frigorífico Friboi pela propaganda divulgada nos meios de comunicação nas últimas semanas, em que a empresa afirma produzir a “única carne boa e que é garantida no Brasil”. Na opinião da parlamentar, a empresa estaria praticando “marketing enganoso”, uma vez que centenas de marcas de carne no país também são boas e possuem o Certificado de Inspeção Federal (CIF), documento oficial que assegura a procedência e qualidade do produto.

Na propaganda da empresa, veiculada em televisões, rádios e impressos, um ator da TV Globo recomenda a consumidores que se certifiquem de que a carne que está comprando no supermercado é da marca Friboi, por só ela teria garantia de qualidade. Para a senadora, a propaganda deprecia o carimbo brasileiro de inspeção e prejudica, inclusive, a imagem do país no mercado internacional, que pode ser contaminada por essa ideia.

Kátia Abreu explicou que a carne bovina brasileira passa por inspeção das autoridades federais e, quando aprovada, recebe um carimbo garantindo sua procedência e qualidade. A inspeção ocorre tanto para carne bovina quanto para ovinos e caprinos, frangos e suínos. Uma vez conquistado o selo, a qualidade daquela carne, assegurou, é igual à de qualquer outra marca que também tenha sido certificada. A senadora disse aplaudir a oportunidade e o enriquecimento de qualquer empresa, mas não aceitar um “capitalismo sujo e destrutivo” no setor.

– Vá e diga que a sua carne é boa, que tem boa qualidade, que é produzida em frigoríficos de primeira, mas não diga que é a única que o povo brasileiro pode comer. Porque, senão, nós estaríamos perdidos. Eu quero dizer a vocês, brasileiros de todos os lugares, de todas as classes sociais: tenham confiança na carne brasileira, porque são carnes que estão sendo fiscalizadas – afirmou, considerando que faltou ética à publicidade da Friboi.

Segundo a senadora, que é presidente da Confederação de Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), quase 80% da carne produzida no Brasil são consumidos no país. Apenas 20% da carne brasileira são exportados. A propaganda poderia, no entanto, colocar esse mercado interno em alerta, angustiado por não estar comprando “carne de qualidade”, principalmente naquelas regiões do interior do país, onde a marca Friboi não é comercializada.

Em aparte, o senador Acir Gurgacz (PDT-RO) reforçou a crítica à formação de cartel no mercado agropecuário e assegurou que pequenos frigoríficos que hoje atuam no país oferecem produtos de mesma qualidade das grandes empresas.