Maternidade Dona Iris foi inaugurada sem ter as UTIs em funcionamento

Inaugurada com muito foguetório e estardalhaço no período  eleitoral do ano passado, a Maternidade Dona Iris até hoje não colocou em funcionamento as UTIs pré-natal. Esse é um dos motivos da crise que vive o Hospital Materno Infantil, que não tem responsabilidade no encaminhamento de recém-nascidos para as unidades de terapia intensiva. Nesse caso, a regulação é feita pela Prefeitura de Goiânia.

A denúncia séria e grave foi feita ontem pelo secretário Municipal da Saúde de Goiânia, Fernando Machado, em entrevista a Oloares Ferreira, no programa Balanço Geral, da Rede Record.

O secretário anunciou que as UTIs, cerca de 20, entraram em funcionamento dentro de 40 dias e poderão amenizar o problema, denunciado pelo jornal O Popular, deste terça-feira, com chamada de capa.