Essa merece o título de “piada do ano”: Carta Capital diz que Mauro Rubem é a “voz da verdade dos fatos” (Kkkkkkkkk…)

Em matéria sem pé nem cabeça, a revista Carta Capital afirma que o governador usa a Justiça Estadual para “calar a “voz da verdade dos fatos”.

Como é que alguém usa um Poder, o Judiciário, para “calar a voz da verdade dos fatos”?

Essa é boa.

Sabe qual é a “voz da verdade dos fatos”, segundo a Carta Capital?

O deputado Mauro Rubem (PT).

É de dar dó. Mauro Rubem, segundo a revista Carta Capital, é a “voz da verdade dos fatos”.

O único acontecimento relacionado com o deputado Mauro Rubem, o governador Marconi Perillo e a Justiça Estadual nos últimos dias foi uma decisão do juiz Ricardo Teixeira Lemos, da 7ª Vara Cível, determinando que ele, Mauro Rubem, retire das suas redes sociais as “alegações criminosas” que postou sobre o governador do Estado.

Postou e, pelo menos até agora, não provou. Isso mesmo: Mauro Rubem acusou o governador de cometer o crime de formação de quadrilha e não apresentou nenhuma prova.

Mauro Rubem agiu como um reles caluniador.

Segundo a revista Carta Capital, punir o deputado pelas suas calúnias é “calar a voz da verdade dos fatos”.

Kkkkkkkkkkkkkkkkk…..,.