Clécio quer demolir Câmara para Leste-Oeste passar, mas… prefeito Paulo Garcia dá conta da obra?

Na coletiva de imprensa convocada com único objetivo de responder ao blog Goiás24Horas (sem, no entanto, citar nomes), o presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Clécio Alves (PMDB), usou as obras da Avenida Leste Oeste como justificativa para obsessão de demolir a sede atual do Legislativo e construir outra, longe dali.

O projeto inicial da Avenida Leste Oeste passa pelo local, e Clécio tem razão quando diz que o edifício não deveria ter sido construído ali. Mas mente ao afirmar que o avanço da obra depende da demolição do prédio e que há motivos suficientes para construção de um novo prédio – que custaria a bagatela de R$ 15 milhões.

Clécio pode ficar tranquilo, porque nesse ritmo, Paulo Garcia precisaria de outros cinco mandatos como prefeito para conseguir fazer a obra chegar até a Praça do Trabalhador. O ritmo de trabalho do petista é escandalosamente lento. Faz inveja até no vagaroso Pedro Wilson.

Melhor guardar o dinheiro, Clécio. Mesmo porque, como disse o prefeito dias atrás, a cidade passa por dificuldades financeiras.