Rebelião contra Iris no PMDB: Jarbas diz que lideranças pressionam por definição-já

O caldeirão ferveu no PMDB. E o racha do partido deixou de ser abafado nos bastidores para ser explicitado pelas lideranças do partido nas redes sociais, em entrevistas discursos.

O alvo de todos é o ex-prefeito Iris Rezende, que tenta manter o partido debaixo de suas rédeas e um controle com mãos de ferro.

Jarbas fala de Humberto Machado (prefeito de Jataí) e o deputado Sandro Mabel, mas tem também Leandro Vilela. Todos colocam a faca no pescoço de Iris.

Veja o que diz o Blog do Jarbas:

 

Lideranças do PMDB pressionam por definição

Algumas das principais lideranças do PMDB goiano começam a pressionar a cúpula do partido pela definição da candidatura ao governo estadual. Atualmente, dois pré-candidatos disputam a vaga nos bastidores: Iris Rezende e José Batista Júnior. O deputado federal Sandro Mabel postou hoje nas redes sociais: “Candidato do PMDB tem de ser definido ainda este ano. Se todo mundo abraçar logo esse nome e for para rua levando esse nome, vamos ganhar”, disse. Prefeito reeleito de Jataí, Humberto Machado afirma que a definição de candidatura ao governo estadual “precisa sair bem antes da convenção” do partido, que acontecerá em junho. “Até o fim do ano precisamos ter isto definido para manter a unidade do partido e dar tempo ao nosso candidato de trabalhar alianças, estratégias de campanha e programa de governo”, afirma.

Como destaquei na coluna Giro do POPULAR de domingo, o empresário José Batista Júnior tem negado nos bastidores a possibilidade de deixar o PMDB em setembro e que estaria disposto a disputar com Iris Rezende prévias ou convenção do partido pela candidatura ao governo. Mas que ainda quer ter uma conversa definitiva com o ex-prefeito de Goiânia até setembro. O empresário, em evento do partido ontem em Rio Verde, disse que disputa interna no PMDB existe apenas na imprensa. Mas afirmou que é único pré-candidato a governador do partido, que “não tem dono”.