Mabel bateu em Vanderlan por sair do PMDB e agora quer ele na aliança. Vai entender…

O comportamento que alguns políticos consideram como normal pode ser tranquilamente visto, por quem enxerga de fora, como sinal de transtorno bipolar. Veja o exemplo do deputado federal Sandro Mabel (PMDB). Em entrevistas recentes, o rei das bolachas desceu o sarrafo em Vanderlan Cardoso (PSB) por desistir do projeto de se viabilizar como nome do PMDB para 2014. Disse que o empresário foi “precipitado”.

Agora, Mabel rasga seda e move fundos por uma aliança com Vanderlan, que segundo ele seria importante para derrotar a base aliada ao governador Marconi Perillo (PSDB).

É normal que seja assim, nesse bate e assopra? No mundo de alguns aloprados da política, talvez. No mundo das pessoas normais, não. Em definitivo.