Kid Neto (ou Kid Racismo) se junta a Luiz Bruno na batalha dos sem-voto contra Maguito

Não bastasse o aspone da prefeitura de Goiânia Luiz Bruno Roriz pegando no seu pé, o prefeito de Aparecida, Maguito Vilela (PMDB), tem que aguentar também a pentelhação de outro militante sem-voto: o ex-secretário geral do PMDB Kid Neto.

Pelo Twitter, Kid diz que “republicanismo” não é o nome mais adequado para definir a relação entre Maguito e o governador Marconi Perillo (PSDB), insinuando que há um acordo político entre os dois.

Kid, assim como Luiz Bruno, perdeu todas as eleições que disputou na vida. A última delas foi em 2010, quando concorreu ao cargo de deputado estadual. Não ficou nem na suplência.

O feito mais marcante da carreira política de Kid Neto foi dizer que o presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, “agiu como preto” ao negar cumprimento à presidente Dilma. Ele se tornou o símbolo do atraso e do ranço racista que ainda está impregnado no PMDB goiano.