Sem ponto digital, gazeta de vereadores volta na Câmara: sessão é encerrada por falta de quórum em plenário

O vereador Paulo Magalhães bem que tentou, mas o prefeito Paulo Garcia, o presidente Clécio Alves e a líder do Governo Célia Valadão não deixaram a frequência dos vereadores da Câmara de Goiânia ser moralizada com o controle da presença via ponto digital.

Em vez disso, o presidente arrumou uma solução meia sola para enganar o eleitor: faz conferência e presença a cada meia hora.

Não adiantou nada e nesta terça-feira a gazeta voltou a correr solta na Câmara.

Às 10h23 a sessão foi encerrada por falta de quórum.

Até o momento, a Câmara havia votado apenas um veto do prefeito.

E o presidente Clécio quer torrar dinheiro do contribuinte com publicidade.