Vanderlan e Caiado testemunham ato em que Marconi foi aplaudido de pé pelos empresários da Adial

O deputado federal Ronaldo Caiado (DEM) e o empresário socialista Vanderlan Cardoso (PSB) foram testemunhas oculares da homenagem que a Associação Brasileira Pró-Desenvolvimento Regional Sustentável (Adial Brasil) prestou ao governador Marconi Perillo na noite desta segunda-feira.

Os dois – Caiado e Vanderlan – presenciaram o momento em que o governador foi ovacionado pelos empresários da Adial, que se levantaram e aplaudiram por quase dois minutos.

A homenagem a Marconi foi motivada pelo sucesso obtido durante a “Marcha pacífica de Goiás rumo a Brasília”, realizada no dia 15 de maio, e liderada pelo governador. Na ocasião, lideranças políticas uniram-se para solicitar ao Governo Federal maior compreensão e sensibilidade em relação a sua proposta de unificar em 4% o recolhimento do ICMS em todos os Estados brasileiros.

A medida, segundo defendem lideranças do Centro-Oeste, Norte e Nordeste brasileiro, acarretará prioritariamente a desindustrialização de Estados em desenvolvimento, que precisam lançar mão de incentivos fiscais para atrair mais investimentos para seus estados. A articulação com outros estados brasileiros tem sido feita pessoalmente pelo governador Marconi Perillo, um dos principais defensores de políticas de incentivo à industrialização e geração de emprego e renda a estados distantes do sudeste brasileiro, principal beneficiado com a unificação do tributo.

“Estamos nessa luta contra a unificação do ICMS por convicção, por dever cívico de continuar promovendo a geração de emprego e renda para os Estados em desenvolvimento. Conseguimos multiplicar por dez o PIB goiano nos últimos 14 anos, e isso só foi possível porque Goiás contou, desde 1999, com um governo empenhado em promover a reforma tributária que agregasse ao desenvolvimento sustentável de empresas que aqui se instalam. Trocamos parcelas de impostos pela geração de centenas de milhares de empregos. Por isso, essa luta é de todos os goianos”, disse Marconi no evento da Adial..

O empresário Vanderlan Cardoso é crítico dos incentivos fiscais, mas mesmo assim compareceu ao evento da Adial.; Ele está instalando, em Pernambuco, duas fábricas: uma de salgadinhos, três vezes maior que a Mycos, em Senador Canedo, e uma de motos e triciclos, em parceria com a Lifan, a maior montadora chinese de veículos de duas e três rodas.