Dono da empresa que foi pivô do escândalo do Mutirama queria cassação de Leréia. Ah nem, tem dó…

Adilson Rocha Capel, dono da empresa Astri e pivô do escândalo do Parque Mutirama, em 2011 e 2012, está pleiteando uma transição ousada. Adilson quer abandonar o passado de envolvimento na pior denúncia da história da prefeitura de Goiânia e passar para o posto de acusador. Hoje, pelo Twitter, ele investiu-se de paladino da moralidade e fez campanha pela cassação do deputado Carlos Alberto Leréia (PSDB).

Ah nem, Adilson. Tem dó. Mal explicou as denúncias que envolvem a Astri e agora quer posar de vestal?