Ministro da Saúde não veio a Goiânia por falta de prestígio de Paulo Garcia e Maguito e por medo de protestos

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, tinha agenda marcada com os prefeitos Paulo Garcia (PT) e Maguito Vilela (PMDB) para esta sexta-feira.

A visita de Padilha foi anunciada e divulgada com ostensividade pela assessorias dos prefeitos. Mas, Padilha cascou fora.

De última hora mandou avisar que não estaria na Capital.

Oficialmente alegou problemas na agenda (desculpa tradicional dada por políticos).

A verdade é que as gestões de Garcia e Maguito são fracas e não capitalizam nada de relevante para Padilha. A saúde das duas cidades está em cados e nos Cais e Ciams faltam até mesmo remédios básicos e esparadrapos.

Para piorar, Padilha ficou sabendo que médicos estavam organizando protestos para pressioná-lo.

Os médicos de Goiânia estão bravos com o governo federal e com Paulo Garcia, que paga pouco e não oferece condições adequadas de trabalho nos Cais.