Notícia do dia: após forçar reajuste do IPTU, Paulo Garcia pede a Dilma retorno da Cide

Para uma plateia de pelo menos 100 prefeitos presentes no Centro de Convenções na manhã de hoje, além do governador Marconi Perillo (PSDB) e da ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais), o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT) revelou que assinou documento enviado à presidente Dilma Rousseff que pede a volta da Cide, o imposto dos combustíveis.

Paulo afirma que a cobrança da Cide é necessária para que o poder público levante recursos suficientes para investir em transporte público. Disse também que, além dele, subscreveram o pedido prefeitos do estado do Pernambuco e do Ceará. “Será uma ação muito bem vinda por cada brasileiro e cada brasileira, tenho certeza disso”.

Amigo dos altos impostos, Paulo está envolto também numa batalha para reformar a planilha do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), mas enfrenta resistência da Câmara Municipal. O reajuste, se chegar a ser aprovado, vai aumentar o valor dos boletos em até 300%.

Curioso é o prefeito reclamar da falta de recursos para investir em áreas básicas enquanto paga supersalários a marajás na Comurg. Em alguns casos, o provimento desses marajás ultrapassa a cifra de R$ 80 mil.