Cristiano Câmara, CEO da OJC é eleito Young Global Leader pelo Fórum Econômico

Veja matéria de O Popular desta quinta-feira:

Fórum Econômico Mundial premia 199 jovens líderes mundiais, dos quais seis brasileiros, por suas conquistas profissionais e engajamento social

Seis brasileiros estão na seleta lista dos Jovens Líderes Mundiais de 2013 (Young Global Leaders, cuja sigla em inglês é YGL), anunciada ontem pelo Fórum Econômico Mundial. Ao todo, 199 nomes de 70 países foram reconhecidos pela trajetória de realizações profissionais e pelo engajamento social, dentre eles, o CEO da Organização Jaime Câmara (OJC), Cristiano Câmara. Ele é formado em engenharia civil pela PUC Goiás, com mestrado em administração de negócios, pela Universidade de Michigan, e pós-mestrado pela Escola de Negócios de Harvard.

A nomeação, além de reconhecer a trajetória de cada membro quanto às realizações e ao engajamento profissional e social, é uma forma de compor uma comunidade jovem para pensar e trabalhar em conjunto na resolução de desafios globais nos mais diferentes assuntos, sempre em prol de um futuro coletivo melhor. “É um título fantástico para alguém que, a partir de Goiás, busca representar sua região no mundo, busca aprendizado e ampliação de horizontes. Abre portas, representa uma oportunidade tremenda de crescimento e uma conquista fundamental para uma região que tem tanto potencial como Goiás”, comemorou Cristiano Câmara.

SELEÇÃO RIGOROSA
Todos os anos, desde 2004, entre 100 e 200 YGLs são eleitos individualmente a partir de uma rigorosa seleção feita por comitê, que este ano foi presidido pela rainha da Jordânia, Rania Al Abdullah. A escolha leva em consideração o êxito dos jovens em diversas áreas de atuação – metade deles é do mundo dos negócios e os demais são oriundos do mundo da arte e cultura, meio acadêmico, sociedade civil, mídia, política e empreendimento social.

Os outros escolhidos do Brasil são Panmela Castro, artista; Ana Gabriela Pessoa, CEO da Ezleam: Luisa Ribeiro, co-fundadora e CEO da Papaya Ventures; Elaine Smith, diretora do Instituto Geração; e Rodrigo Teles, CEO do Endeavor Brasil. “É uma honra fazer parte de um grupo que inclui essas pessoas e nomes como Mark Zuckerberg, do Facebook, Marissa Mayer, CEO do Yahoo, e Emilio Lozoya, CEO da Pemex”, afirmou Cristiano Câmara.

“O Fórum de Jovens Líderes Globais significa um esforço incomparável no intuito de engajar a geração jovem na gerência de assuntos globais, trabalhando juntos e sendo integrados numa ampla comunidade. Os Jovens Líderes Globais adquirem uma oportunidade excepcional de melhorar o mundo,” opina Klaus Schwab, fundador e presidente do Fórum Econômico Mundial.

ENCONTRO
Atualmente, existem cerca de 756 jovens de destaque no grupo dos YGLs, que se reúnem todos os anos para um encontro global. Desta vez, será realizado entre 2 e 5 de junho em Yangon, no país asiático Mianmar (Birmânia), onde vão se reunir com representantes do governo, da comunidade de negócios e da sociedade civil locais para troca de experiências no trabalho e no aprendizado com organizações.

Em 2007, durante reunião realizada em Dalian, na China, Cristiano Câmara já havia recebido convite do Fórum Econômico Mundial para que a OJC se tornasse uma das cem fundadoras das Companhias Globais em Crescimento (GGC, de Global Growth Companies) e desde então ela compõe o grupo. Para participar do GGC, as empresas precisam apresentar taxas anuais de crescimento superiores a 15%, nos dois últimos anos de avaliação, e desempenhar papel de liderança no seu segmento, contribuindo na reconfiguração dos modelos de negócios e na transformação das sociedades.