Prefeito aliado de Júnior Friboi ataca Iris. Outro diz que Iris quer ser ungido sem fazer nada

Veja matéria publicada na edição deste domingo de O Popular:

Aliados de empresário alegam falta de nomes

25 de agosto de 2013 (domingo)
Ao defender que a escolha deve ser feita até o fim do ano, defensores da candidatura de José Batista Júnior ao governo afirmam que a decisão pode ser tomada mais rapidamente porque nenhum outro nome do PMDB se colocou como pré-candidato.

“É claro que todos têm direito de tentar ser o candidato e que essa escolha passará pela convenção, mas o nosso candidato é Júnior Friboi. Até porque o Iris não falou que é candidato. Se ele falar isso pode até dividir os prefeitos, mudar o quadro. Não se trata de enfrentamento a ninguém”, diz o prefeito de Guapó, Luiz Juvêncio, um dos articuladores do ato que deverá hipotecar o apoio a ao empresário.

Um deputado peemedebista tem posição parecida. “O Iris quer ser candidato sem exteriorizar. Ele quer ser candidato ungido. Se ele quer discutir, debater e apresentar as propostas para ver quem é o melhor nome, tem todo o direito e deve ser muito respeitado. Mas, até agora, só o Júnior colocou o seu nome”, afirma.