Violência sem fim em Goiânia: cabo da Polícia Militar é executado a sangue frio

Reportagem publicada no jornal O Hoje:

Cabo da PM é assassinado em atentado

Policial circulava com dois amigos e foi baleado. Um amigo do policial também foi atingido e levado para o hospital

Cejane Pupulin

Em 14/03/2013, 11:17

Um cabo da Polícia Militar (PM) identificado como Capinam foi assassinado na manhã desta quinta-feira (14) nas mediações do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e da Caixa Econômica Federal (CEF), na Cidade Jardim.

Segundo o aspirante a oficial da PM, Janssen Augustos das Graças Nunes, o cabo estava com dois amigos circulando pela Rua Atílio Correia Lima, em uma camionete VW Amarok, quando dois homens em uma motocicleta aproximaram pela direita do veículo e dispararam.

O cabo, que estava no bando do passageiro, morreu no local. O condutor foi atingido e encaminhado em estado regular pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo). Outro passageiro da camionete, que estava no banco traseiro, nada sofreu. Nessa manhã ele presta depoimento para a polícia.

Os suspeitos do crime empreenderam em fuga. De acordo com testemunhas um deles vestia uma camisa branca com preta. A PM faz buscas pela região.

A PM não confirmou em qual batalhão ou departamento o Cabo Capinam editava lotado. Ainda não se sabe a motivação do homicídio.