Governo já faz licitação para obra da Estação Gastronômica, que está prevista para ficar pronta em seis meses

Veja matéria publicada pela jornalista Fabiana Pulcineli em seu blog no site de O Popular:

Obra da Estação Gastronômica de Goiânia está orçada em R$ 8,78 milhões

Com licitação prevista para o dia 27 de setembro, a execução da obra de construção da Estação Gastronômica de Goiânia está orçada em R$ 8,78 milhões, segundo o edital, lançado pela Agência Goiana de Desenvolvimento Regional (AGDR).

A previsão de execução da obra é de seis meses. A ideia do projeto é transformar o local onde funcionou a antiga Estação Rodoviária (Praça General Joaquim Curado, na Rua 29-A com a Avenida Anhanguera, no Setor Aeroporto) em um centro gastronômico. “A nova Estação trará um novo ‘fôlego’ para a região e acrescentará um ponto turístico importante para nossa capital”, diz o memorial descritivo.

O projeto, elaborado pelo arquiteto Sebastião Ribeiro Damasceno, inclui, além dos bares e restaurantes, salas de exposição e de música e o uso de dois ônibus antigos adaptados para receber um café e uma charutaria/tabacaria. O empreendimento também prevê a construção de uma passarela para pedestres entre a Estação Gastronômica e o Lago das Rosas, passando por cima da Avenida Anhanguera.

O projeto já foi alvo de disputa entre auxiliares do governo. Ex-secretário de Desenvolvimento da Região Metropolitana, Silvio Sousa deixou o governo reclamando que a Secretaria de Gestão e Planejamento se apropriou da ideia. O material que consta no edital informa que o projeto foi elaborado a pedido da segplan.