Goiás vai receber R$ 30 bi em investimentos nos próximos quatro anos, informa Vecci

Em Economia, os jornais O Popular, Diário da Manhã e O Hoje, informam que Goiás deve receber R$ 30,2 bilhões em investimentos nos próximos quatro anos, segundo previsão divulgada ontem pelo Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (IMB). Serão 953 projetos de implantação e expansão de empreendimentos em 14 setores. “Esta é uma estimativa para até 2016. A pesquisa não é de investimento concretizado”, frisou o secretário de Gestão e Planejamento de Goiás, Giuseppe Vecci. A mineração será o principal setor beneficiado, conforme a Pesquisa de Intenção de Investimentos do Estado de Goiás 2013. Do total de investimentos previstos, R$ 8,08 bilhões (26,7%) serão aplicados em 22 projetos do setor, principalmente no Norte de Goiás e na Região de Catalão, com a exploração de jazidas de terras raras, nióbio e fosfato, por empresas estrangeiras.

Reportagem coordenada informa que diante das ameaças de fim dos incentivos fiscais, o governo estadual guarda uma carta na manga para substituir os atuais descontos concedidos sobre o ICMS. A alternativa prevê um repasse parcial pelo próprio Estado para as empresas que forem obrigadas a recolher o tributo na íntegra, por meio de um fundo de compensação a ser criado por lei. Detalhes do plano foram apresentados ontem pelo secretário de Gestão e Planejamento do Estado, Giuseppe Vecci, durante exposição sobre previsão de investimentos produtivos em Goiás para os próximos quatro anos, pela primeira vez. “O setor produtivo goiano não ficará sem reparação de eventuais perdas.”