Folha: Eduardo Campos e Aécio ensaiam parceria rumo a 2014. Acordo pode ter reflexo em Goiás. Te cuida, Vanderlan Cardoso!!!

Jornal Folha de S. Paulo, desta quinta-feira, revela que o governador Eduardo Campos e o senador Aécio Neves, ambos pré-candidatos a presidência, ensaiam acordo para 2014, que pode ter reflexos nos estados.

O texto não cita Goiás, mas caso as negociações avancem, pode sobrar para Vanderlan Cardoso, já que Marconi Perillo tem mantido conversas com o presidente do PSB.

Registra o jornal, que “muito esforço para compor palanques onde for possível”.

Pode ser o caso de Goiás.

Possibilidade difícil, mas não impossível.

Segundo a Folha, o governador Eduardo Campos (PSB-PE) e o senador Aécio Neves (PSDB-MG), virtuais adversários em 2014, ensaiam parceria temporária para fortalecer seus nomes à disputa presidencial. Aliados querem que eles evitem agressões mútuas e estabeleçam, sempre que possível, convergência nas críticas ao governo Dilma Rousseff. Hoje, Campos receberá o tucano para um jantar no Recife (PE). Diálogo recente entre o governador de Pernambuco e o senador mineiro mostra quão afinados estão os dois virtuais candidatos ao Planalto. Nos últimos dias, Campos e Aécio fizeram críticas muito parecidas ao Planalto e à própria presidente Dilma, de quem o governador socialista ainda é formal aliado. Outro tema do encontro são eventuais conflitos em candidaturas do PSDB e do PSB nos Estados. Em Minas, Campos quer que o prefeito Márcio Lacerda, seu correligionário, dispute o governo. Ocorre que Lacerda é aliado de Aécio. Há desafios em São Paulo, no Paraná, na Paraíba, mas também muito esforço para compor palanques onde for possível.