Setransp agora pede tarifa com valor de R$ 3,12. Será que Paulo Garcia vai ceder?

Em Cidades, O Popular registra que o Sindicato das Empresas do Transporte Coletivo Urbano (Setransp) protocolou ontem, no fim da tarde, um estudo que apresenta a planilha com receitas e custos do sistema de todas as empresas concessionárias – com exceção do Eixo Anhanguera.

O documento – ao qual O Popular teve acesso com exclusividade – foi finalizado ontem e defende que o valor da tarifa que manteria o equilíbrio financeiro e econômico do sistema deveria ser de R$ 3,12. A passagem está fixada em R$ 2,70 desde junho, após o poder público rejeitar um aumento para R$ 3.