Deputado Odair Cunha, que perseguiu Marconi em CPI, foge da votação de Donadon

O deputado federal Odair Cunha (PT-MG), que ganhou notoriedade como relator da CPI do Cachoeira e com sua perseguição implacável ao governador Marconi Perillo (PSDB), aprontou mais uma.
Odair fugiu do plenário no momento da sessão que decidiria pela cassação de Natan Donadon (PMDB), condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por formação de quadrilha.
Não custa lembrar que ele usou a mesma desculpa de outra deputada faltosa do PT, Marina Sant’Anna: compromissos externos.
Veja o post:
Deputado Odair Cunha @odaircunha_ Ontem infelizmente tive que cumprir agenda externa #RioDeJaneiro por isso não participei da Sessão que deliberou sobre a cassação de Donadon