Deputado desiste de relatar processo contra Leréia no Conselho de Ética

Veja matéria da Agência Câmara;

O deputado Mauro Lopes (PMDB-MG) apresentou nesta quinta-feira (29) um ofício ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar por meio do qual desiste de ser o relator do processo por quebra de decoro parlamentar contra o deputado Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO). No ofício, Lopes alega “elevada carga de trabalho e impossibilidade de dedicação adequada ao caso”.

Leréia responde a processo por suspeitas de envolvimento com a organização comandada por Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira.

Na semana passada, o Conselho de Ética rejeitou o parecer do deputado Ronaldo Benedet (PMDB-SC), que pedia a perda de mandato de Leréia. Por ter sido rejeitado, Lopes deveria apresentar o parecer vencedor, sugerindo a absolvição ou a aplicação de penas alternativas, como sanção por escrito ou suspensão.

O presidente do Conselho de Ética, deputado Ricardo Izar (PSD-SP), deve apresentar até segunda-feira (2) o nome do novo relator do processo.