Professores protestam em frente à Secretaria Municipal de Educação contra Paulo Garcia

A batata do prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), está assando.

Professores e servidores administrativos da rede municipal de ensino protestaram em frente à Secretaria Municipal de Educação, no setor Universitário, na manhã desta sexta-feira. No dia 13 de outubro, estes funcionários voltam a se reunir em assembleia, sob aviso de que o indicativo de greve é cada vez mais real.

A pauta de reivindicações inclui mudanças no plano de carreira, a valorização dos trabalhadores administrativos e das creches,  a incorporação da gratificação de regência e manutenção da atual gratificação recebida pelos educadores.

“Há mais de 12 anos a classe recebe uma bonificação que representa cerca de 20 % do salário. No entanto, estão propondo uma nova gratificação no valor de R$ 150,00”, disse ao jornal O Popular um dos coordenadores do movimento, Antônio Gonçalves.

A foto é do jornal O Popular.