Está no site da Assembleia: deputados gastam R$ 1 mi de verba indenizatória no recesso

Os gastos com verba indenizatória dos deputados estaduais, em janeiro, mês de recesso legislativo, chamam atenção porque foram feitos em um período de completa inatividade dos parlamentares.

A verba indenizatória custa caro aos contribuintes: quase R$ 1 milhão por mês, quase R$ 12 milhões ao ano.
Em janeiro, com a Assembléia praticamente fechada (e o Poder, de fato, cerrou as portas por quase duas semanas,

dispensando o comparecimento dos funcionários), os deputados prosseguiram gastando a verba indenizatória normalmente, conforme a prestação de contas que eles mesmos apresentaram e que está no site da Assembléia ao alcance de qualquer cidadão: http://www.assembleia.go.gov.br/transparencia/verbaindenizatoria.

Os nobres parlamentares pagaram comida, pesquisas, combustíveis, serviços de gráfica e outras despesas em ritmo normal, no mesmo padrão dos meses em que a Assembléia e seus componentes encontravam-se em atividade intensa.
Estranho, muito estranho.

A coluna Giro, de O Popular, denunciou o fato na semana passada, considerando no mínimo esquisito que a gastança dos deputados continuasse, mesmo em pleno recesso.