Cartel dos postos segue bombando em Goiânia: gasolina chega a R$ 3,00

Tão certo como o calor em Goiânia é a eterna prática do cartel pelos postos de combustíveis.

Nesta semana, os goianienses foram surpreendidos pela subida brusca do preço da gasolina. Tem posto em que ela já é vendida por R$ 3,00.

Em Goiânia é assim, da noite pro dia, a maioria  dos postos amanhece com o preço elevado e igual, tabelado.

A CEI dos Combustíveis, que rolou em 2011 e 2012, chegou à conclusão de que existia (ou ainda existe) um cartel em Goiânia.

O relatório final com 27 mil páginas foi entregue em março de 2012 ao MP Estadual. Quem comandou a CEI foi o vereador Djalma Araújo.

Pena que a situação não mudou. Basta sair às ruas e ver o preço nas bombas. Um verdadeiro assalto ao consumidor.

“Eles não usam celular, nem e-mail. Um motoqueiro avisa os postos de gasolina para que eles alinhem seus preços”, disse Djalma em 2012.

O vereador ainda explicou que a CEI concluiu que existe crime de formação de quadrilha e alinhamento de preços.