Representante dos professores do município diz que gestão petista em Goiânia “é autoritária”

Marcelo Borges, representante do movimento grevista dos professores da rede pública de ensino da Capital, disse na Câmara Municipal de Goiânia que a gestão petista da capital é autoritária.

“Estão tentando nos tirar direitos adquiridos”, disse o líder, que reclama também da má aplicação dos recursos públicos por conta da gestora Neyde Aparecida, que pode ser incluída na Ficha Suja a qualquer momento.