Segundo O Popular, greve de professores do município atinge 70% das escolas

Em Cidades, O Popular registra que a greve dos professores e funcionários da rede municipal de ensino atingiu cerca de 70% das unidades escolares, incluindo os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs). O número é dos próprios grevistas, que fazem parte do Sindicato Municipal dos Servidores da Educação de Goiânia (Simsed).

A Secretaria Municipal de Educação (SME) ainda não realizou o levantamento de quantas escolas estaria com as atividades paradas, o que deve ocorrer apenas hoje. Segundo o coordenador geral do Simsed, Renato Regis, apenas na região Noroeste de Goiânia, a adesão chegou a 90% das instituições. “A aceitação está excelente, estamos sendo bem recebidos pela comunidade escolar, que nos repassa muitas reclamações sobre a rede municipal”, afirma. Os grevistas se dividiram em pequenos grupos para visitar as escolas na tentativa de mobilizar maior adesão ao movimento.

Em nota, a SME afirmou que “a Prefeitura de Goiânia, por meio da Procuradoria Geral do Município, tomará as medidas legais para garantir o direito à educação aos alunos da rede municipal”. Não há informações se haverá corte de ponto dos grevistas.