Jornal Opção: “Júnior Friboi participa de criação de partido com petistas e um mensaleiro”

Veja matéria publicada no site do Jornal Opção:
Sarah Teófilo

O diretor da empresa JBS Friboi, o megaempresário Júnior Friboi, filiou-se ao PMDB recentemente e está convicto de que vai ser o candidato dos peemedebistas ao governo do Estado. Precisando agora de mais partidos para o apoiarem, ajudou no surgimento do Partido Republicano da Ordem Social (Pros), que agora está integrando a base da presidente Dilma Rousseff (PT). O partido deverá receber pelo menos 40 prefeitos, além de mais de 100 vereadores que foram eleitos em todo o Brasil no ano passado com a ajuda do empresário, que na época era do PSB.

Além de Júnior do Friboi, estão entre os organizadores do partido o deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no julgamento do mensalão pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção; os senadores Lindbergh Farias (PT-RJ) e Delcídio Amaral (PT-MS), e o governador do Ceará, Cid Gomes.

Segundo reportagem do Estadão, uma planilha aponta que os ministros Fernando Pimentel, do Desenvolvimento, indústria e Comércio, Ideli Salvatti, das Relações Institucionais e Gleisi Hoffmann, da Casa Civil também participaram da montagem do Pros. No site da sigla há uma foto do ministro Pimentel juntamente com o presidente nacional do partido e o tesoureiro Niomar Calazans. Cada um dos ministros teria ficado ao encargo de orientar a filiação de pelo menos um parlamentar no Estado de origem.