Dois pesos e duas medidas: O Popular silenciou sobre dona Iris, mas denuncia senador da Paraíba por gastos irregulares

O jornal O Popular foi e continua sendo omisso ao ignorar, em sua cobertura jornalística, a farra de gastos irregulares que a deputada federal dona Iris Araújo (PMDB) fez com a sua verba indenizatória.

Dona Iris usou os recursos, que são públicos, para pagar restaurantes de luxo, estadia em resorts e hotéis no litoral, comprar vinhos finos, pagar despesas no Empório Piquiras e outras extravagâncias cabeludas – não fossem escandalosamente irregulares, porque a verba indenizatória destina-se a cobrir os gastos com o exercício do mandato parlamentar.

Neste sábado, O Popular aborda o tema da verba indenizatória dos parlamentares brasileiros, mas para denunciar o senador paraibano Vital do Rego, que usou esses recursos para pagar um site na internet que publica notícias favoráveis a ele.

Irregular? Sim. Mas muito menos irregular, digamos assim, que as excentricidades praticadas pela deputada dona Iris, que até pagou uma diária de motel, em Brasília, com a verba indenizatória.

O Popular não disse e continua não dizendo nada sobre isso. Dona Iris não é assunto. Mas o coitado do senador Vital do Rego, da Paraíba é.