Busca automática do Google já acrescenta “motel” ao nome da deputada dona Iris Araújo

O site mais acessado da internet, em todo o mundo, é o Google, na verdade um procurador ultra rápido e dinâmico.

O Google dispõe de um sistema de preenchimento automático, que sugere aos usuários uma série de complementações para o que estão buscando, com base nas primeiras letras digitadas – o objetivo é poupar tempo e acelerar a procura desejada.

Ao teclar o nome da deputada federal dona Iris Araújo, do PMDB, antes mesmo que se complete a palavra “Iris”, o Google sugere quatro alternativas, sendo a segunda a expressão “dona Iris motel”.

Caso o internauta aceite a sugestão, é imediatamente direcionado para dezenas de links, com a notícia do uso irregular da verba indenizatória da deputada. Como se sabe, ela usou recursos públicos para pagar diárias em hotéis e resorts no litoral, comprar vinhos finos em Ipanema, no Rio de Janeiro, pagar almoços em restaurantes de luxo e compras no Empório Piquiras, em Goiânia, e outras lojas de produtos gourmets.

Mas o principal é a diária em um motel, em Brasília, que foi paga com a verba indenizatória da deputada. Ela mesma colocou a nota fiscal na sua prestação de contas, que foi publicada pelo portal de transparência da Câmara dos Deputados.

A alta incidência do tema, na internet, levou à sua incorporação ao sistema de preenchimento automático do Google.