Quatro empresas goianas foram citadas na CPI do Cachoeira: será que elas é que foram alvo agora da Operação Saqueador?

A Polícia Federal investiga quatro empresas, situadas em Goiás, que poderiam estar envolvidas em lavagem de dinheiro repassado pela antiga construtora Delta, que fechou logo após a eclosão da Operação Monte Carlo – que resultou em uma CPI no Congresso Nacional.

A Operação Saqueador, desenvolvida nesta terça-feira, incluiu mandados de busca de apreensão nessas quatro empresas e em pelo menos três residências. A Polícia Federal não divulgou os nomes das empresas nem das pessoas físicas objeto da operação em Goiás.

Na CPI do Cachoeira, foram citadas as seguintes empresas goianas: ADÉCIO & RAFAEL CONSTRUÇÕES, WCR PRODUÇÃO E COMUNICAÇÃO LTDA, GM COMÉRCIO DE PNEUS E PEÇAS e TERRA PNEUS E LUBRIFICANTES LTDA. Todas com movimentação elevada de recursos, que, segundo o relatório da CPI – no final das contas não aprovado e arquivado –, teriam origem em transações simuladas com a Delta.