Acorda prefeitura!!! POP mostra: terra, mato, entulho e escuridão. Tudo isso numa rua do Goiânia 2

A prefeitura de Goiânia custa a dar conta dos serviços básicos como limpeza das ruas e saúde, mas mesmo assim o prefeito Paulo Garcia (PT) insiste em ficar criticando o governo estadual.

Uma matéria na edição desta sexta de O Popular é de dar vergonha a Paulo Garcia.

Veja o texto:

Goiânia 2
Terra, mato, entulho e escuridão

Espremida entre o 9º Batalhão da Polícia Militar e a movimentada Avenida Perimetral Norte, a rua Antônio Poteiro, no setor Goiânia 2, abriga poucas casas, muita terra e uma solicitação unânime e antiga, o asfalto.

Em dias chuvosos como quarta-feira, as poças de lama tomam vários pontos da rua de um lado a outro. No período da seca, a poeira invade as residências. “É impossível manter a casa limpa”, queixa-se Célia de Fátima Mendes, que mora no local desde 2008. A insistência em vão com o poder público para pavimentar a rua de apenas 540 metros já causa descrença nos moradores. “Só recebemos a informação de que vão fazer. Mas não falam quando”, relata o motorista Malcides Antônio Costa, marido de Célia.

Procurada pelo POPULAR, a Secretaria Municipal de Obras (Semob) repetiu o discurso já feito aos moradores. Em uma nota curta informa “que a pavimentação da Rua Antônio Poteiro no Setor Goiânia 2, já está inclusa em nosso cronograma que em breve será executado.”

Além da falta de asfalto, há mato e entulho acumulados nos vários lotes baldios. O cenário só se modifica à noite, quando a falta de iluminação pública esconde uma parte do descaso e deixa à mostra outra.

A Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), responsável pela iluminação e limpeza, também foi sucinta, mas prometeu agir rápido. “Uma equipe técnica está se dirigindo ao local ainda hoje (ontem) para resolver o problema dos moradores.”