Tribuna revela: Maguito quase saiu do PMDB para assumir o Solidariedade em Goiás, levando todo o seu grupo

Neste fim de semana, a Tribuna do Planalto traz uma revelação sensacional: o prefeito de Aparecida, Maguito Vilela, articulou para ficar com o Solidariedade, partido que afinal foi entregue ao comando do deputado federal Armando Vergílio em Goiás.

Na última hora, Maguito desistiu.

Veja a nota da Tribuna:

 

Maguito esteve próximo de assumir o Solidariedade em Goiás

Faltou pouco para o prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB), deixar o PMDB e assumir o Solidariedade, novo partido comandado pelo deputado federal Armando Vergílio. Antes de ele ser oferecido para o parlamentar, Maguito tinha tudo fechado para comandá-lo em Goiás. A intenção seria filiar todo o grupo do prefeito, como o deputado estadual Daniel Vilela, o deputado federal Leandro Vilela, o prefeito de Jataí Humberto Machado. Além deles, também se filiariam outros prefeitos aliados. O projeto não vingou porque, de última hora, Maguito reviu a ação e preferiu continuar no PMDB. Não quis comprar o desgaste de sair do partido onde tem uma história consolidada. Vale lembrar que Maguito e o ex-prefeito Iris Rezende têm estado muito distante um do outro. Do lado dos aliados de Iris, há críticas de que Maguito tem se aproximado do governador Marconi Perillo (PSDB). Os maguitistas, por sua vez, minam a tentativa do ex-prefeito de concorrer ao governo em 2014, defendendo uma candidatura nova no partido. Leandro Vilela, inclusive, é um dos maiores entusiastas da pré-candidatura do empresário Júnior do Friboi ao Palácio das Esmeraldas.