Desincompatibilização de Paulo e Gomide, o trunfo de Iris para ser candidato

Que o prefeito Iris Rezende (PMDB) é uma grande raposa política todo mundo está careca de saber. Calado, o ex-prefeito dá nó em goteira e acaba mexendo os pauzinhos de acordo com seus interesses.

Pode até perder a eleição no voto, como aconteceu duas vezes em disputas contra Marconi Perillo, mas nos bastidores Iris continua imbatível.

Agora, o peemedebista joga com uma data importante para garantir seu projeto de, embora com problemas de saúde, sair candidato pela quinta vez ao governo do Estado.

Para serem candidatos a governador, Paulo Garcia ou Antônio Gomide dependem da desincompatibilização dos cargos que ocupam em março de 2014.

Só que as convenções partidárias acontecem em junho. Ou seja: Paulo ou Gomide teriam de deixar a Prefeitura e ficar ao relento até a definição das candidaturas. Muito arriscado e é provável que os dois não se lancem nesta aventura.

É a carta que Iris guarda na manga.